literatura,  Meus textos

Resenha do livro Febríssima de Ludmila Clio

Oii, meus maravilhosos, tudo bem? Hoje compartilho com vocês a primeira resenha do blog! E será a resenha do livro “Febríssima” de Ludmila Clio


A Ludmila já nos concedeu uma entrevista aqui, vocês lembram? Para quem não leu ou quer relembrar, pode clicar aqui para ler. Agora vamos à resenha do segundo livro de poesias desta escritora maravilhosa.
 
INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Livro: Febríssima
Autora: Ludmila Clio
Editora: Chiado Editora
Páginas: 138
Data de publicação: Maio de 2016
Gênero: Poesia
Coleção: Prazeres Poéticos
ISBN: 978-989-51-6462-2
 
 
SINOPSE:
“Poesia é a ponte entre a reflexão de um pensador e a agonia de toda humanidade”. Ludmila Clio capta com maestria esse conceito. É possível sentir o anseio de mudança em cada nova atmosfera dessa obra incendiária. O eu lírico da autora me faz sentir perdido em um imenso campo de girassóis: versos conflitantes e insolúveis.
“Febríssima” é um termo criado pela autora para designar uma força brutal e faminta. Força essa que simplesmente não consegue conviver com a monotonia e a passividade que a geração atual apresenta. Para Febríssima, é preciso ver faíscas nas pessoas. Um indivíduo morno pode trazer toda a madeira necessária, mas somente um indivíduo febril pode torná-la fogo! Os principais ícones da História foram aqueles capazes de inflamar suas dores, tornando visível a fumaça de novas realizações. Seja você parte dessa combustão. Deixe arder!
— Diego Velleno, escritor.
 
 
Escrever esta resenha foi o maior desafio que já tive no blog até hoje. Primeiro porque eu sei que a escritora lerá a resenha (isso dá um nervosinho). Segundo, ela é minha escritora favorita e amiga (ser imparcial foi muuuiiito difícil). Terceiro porque tenho dificuldades de expressar em palavras o que senti com essa leitura.
 
Outra confissão: a resenha surgiu antes do término da leitura (pode isso, Arnaldo?). Numa noite, após ler algumas poesias, eu não conseguia dormir pois sentia uma vontade enorme de falar sobre o “Febríssima” para alguém. Então peguei o papel mais próximo e contei para ele rsrs. Claro que foi o rascunho do rascunho… Mas chega de conversa e vamos à resenha.
 
resenha livro Febríssima Ludmila Clio - Tamaravilhosamente
As poesias de Ludmila Clio não são abstratas, como um conjunto de palavras sonoras, bonitas, mas sem sentido. Pelo contrário, elas são muito sentidas, quase que palpáveis e supervisuais. É possível sentir a poesia como se fosse uma amiga que você leva contigo por onde for. Você se sente abraçado pelas palavras, envolvido pelos sentimentos profundos que ela expõe, ao ponto de se aconchegar neles como se fossem um abrigo.
 
Ao mesmo tempo que temos vontade de devorar o livro em um instante, a leitura se torna demorada por conta desse envolvimento que criamos. Você se apega à poesia de uma forma que não consegue mais se separar dela e ir para a próxima. Então, você se lembra que precisa continuar e, ao ler a poesia seguinte, sente a mesma ligação com ela também.
 
As palavras são tão cirúrgicas que você se sente exposto. Há a sensação de ter seus pensamentos lidos pela escritora. Eu já falei sobre isso quando respondi a TAG dos 7 pecados capitais literários. Ludmila expressa com perfeição os sentimentos que carregamos diariamente. Expressa o amor como ele realmente é, nem sempre tão romântico e belo como sonhamos. Fala da dor daqueles que são sensíveis demais, que absorvem os sentimentos de todos ao redor (esses são os poetas, claro). Expõe a angústia dos que não se sentem compreendidos pela sociedade. Aliás, um dos sentimentos predominantes é este da inadequação social. Realmente é impossível se adequar a um mundo onde as pessoas sabem o preço de tudo, mas não sabem o valor de nada.
 
resenha livro Febríssima Ludmila Clio - Tamaravilhosamente
Trecho da Poesia “Tudo é Dor”, Livro: Febríssima, p. 43.
Créditos da imagem: Blog Copo de Letras

Sobre o aspecto físico do livro, minha avaliação também é excelente. A capa é de um material firme e resistente, há orelhas no livro e como vocês já viram, a imagem da capa é linda!!! Reflete exatamente a essência febríssima da autora, como bem dito por Diego Velleno na sinopse. O papel das páginas também é de ótima qualidade, não é aquele papel branco e fino, ele é grossinho e amarelado. E o cheiro é maravilhoso (todo leitor que se preze, cheira o livro antes de ler rsrs). Sem falar nas ilustrações que dão ainda mais vida às poesias. O ilustrador Vanz Santos arrasou desde a capa até as ilustrações internas. Uma perfeita união entre a arte escrita e a desenhada. Para quem adquiriu o livro na pré-venda, a escritora enviou um mimo: sementes de girassóis prontas para serem plantadas! *—* Muito amor não é mesmo?! 

 
resenha livro Febríssima Ludmila Clio - Tamaravilhosamente

 

resenha livro Febríssima Ludmila Clio - Tamaravilhosamente

 

resenha livro Febríssima Ludmila Clio - Tamaravilhosamente

 

 
Febríssima é um livro apaixonante que te surpreende desde a capa até a última página. Com certeza, ao final da leitura, você que não conhecia a Ludmila se sentirá íntimo dela. A sua alma está rasgada nas páginas deste livro. E eu te desafio a não sentir empatia por ela. Duvido que conseguirá ler e não ter sua alma incendiada também.
 
Último aviso: se você não sabe nadar nas águas literárias, tenha cuidado para não se afogar. Aqui o mar é muito profundo!
 
 
♡ DOIS CONVITES ESPECIAIS ♡ 
 
O lançamento do Febríssima será nesta quinta-feira, dia 11/08, no Piola de Cambuí (Campinas/SP), a partir das 19h. Se você for da região, compareça! Mais informações sobre o evento aqui. A escritora avisou que ainda há sementes de girassóis para presentear quem adquirir o livro no lançamento também! <3
 
resenha livro Febríssima Ludmila Clio - lançamento - Tamaravilhosamente
 

E o Febríssima também está na 24ª Bienal Internacional do Livro de SP! Isso mesmo, Ludmila Clio estará no stand da Chiado Editora, a partir das 13h. Clique aqui, saiba mais sobre o evento e prestigie.

livro Febríssima Ludmila Clio - Bienal SP - Tamaravilhosamente


Se você não puder ir ao lançamento nem à Bienal, mas quer adquirir os livros da Ludmila, pode acessar o site da Chiado Editora neste link ou ainda entrar em contato diretamente com a escritora pelo e-mail [email protected]. Se preferir, envie uma mensagem nas redes sociais: Facebook| Instagram| Twitter. E, claro, acesse o Blog Copo de Letras para ler as poesias dela. 😉


Espero que tenham gostado da resenha. Quem aí gosta de poesia e ficou com vontade de ler o livro (ou já leu)? Conversem comigo nos comentários! <3 Aproveita e compartilha para seus amigos conhecerem também! 🙂

Beijos, até o próximo post!

 

 

 

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.