Meus textos,  poesias

Eu não quero mais ser eu

Ouça Rise Up enquanto lê esta poesia! 😉

 

 

É isso. Eu não quero mais ser eu. Cansei de viver na minha pele. Cansei de me sentir presa a esta minha vida.
Não que minha vida seja ruim
Ruim é vivê-la sendo eu. 
Difícil não é viver, difícil sou eu vivendo. 
O problema não é de verbo, é de sujeito mesmo.
Conviver comigo mesma é complicadíssimo. 
Aguentar todas as minhas idiossincrasias é dolorido. 
Suportar este turbilhão de sentimentos e emoções dentro de mim é sofrível. 
Ter sempre a minha companhia é cansativo!
Ninguém merece uma pessoa que quer carregar todo mundo no colo, que quer cuidar das dores de todos. 
Que absorve a tristeza do outro e se sente responsável por transformá-la em alegria.
“Oh, que boa alma!”, você diz. Não! Oh, que alma pesada! 
Porque chega uma hora que ela não vai aguentar mais ninguém no colo, 
nem suportar todas as dores que escolheu cuidar, 
muito menos conseguirá transformar as tristezas em alegria. 
Então, ela não sobreviverá mais, pois necessita sentir sua missão cumprida para dormir em paz.
Ter uma pessoa assim ao lado é bom por um tempo, por alguns momentos, mas por todo tempo, sufoca. 
Ninguém aguenta uma companhia assim.
Eu não estou aguentando mais a companhia de mim mesma.
Eu não quero mais ser eu.
Mas também não sei quem quero ser.
Talvez uma pessoa qualquer, alguém que simplesmente é.

Beijos! Não esqueça de deixar um comentário. Fiquem com Deus e até mais!

Siga minhas redes pra gente ficar mais pertinho!

INSTAGRAM | FACEBOOK | PINTEREST | TWITTER

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.